Bota Para Inversão Gravitacional Kit Simples

Bota Para Inversão Gravitacional Kit Simples

  • REF. BOT3
  • Disponibilidade: Pronta Entrega
  • R$599,00

    R$ 599.00
  • 6x de R$99,83
    ou 12x de R$60,14
  • ou R$569,05 à vista
Bota gravitacional, kit simples
Calcule o freteNão sei meu CEP

DETALHES DO PRODUTO

COMPONENTES

1. Um par de botas GPS Gravitacional
2. Um par Alças Almofadadas.
3. Um manual de instruções.
4. Uma caixa para transporte.


INSTRUÇÕES DE USO DO GPS GRAVITACIONAL

O GPS Gravitacional, tanto como atividade terapêutica, desportiva ou lazer, torna-se perigoso e há riscos envolvidos em sua prática quando feito de uma maneira displicente, principalmente quando experimentado pela primeira vez; e o uso deste equipamento exige uma rigorosa observância de certos limites e procedimentos de segurança que devem ser observados sempre quando for usá-lo.

Este equipamento permite que o praticante realize posturas e movimentos num processo de flutuação, preso a uma barra móvel por fitas de tecido reforçado dotadas de alças almofadadas, e por tornozeleiras rígidas (Botas GPS) dotadas com ganchos de aço carbono, livrando assim, a sua coluna e articulações das compressões causadas pela força da gravidade ao praticar exercícios no solo. 

E como esta flutuação é feita a uma certa altura do chão, corre-se o risco de haver um incidente ou, até mesmo, um acidente grave durante ou entre as transições das posturas gravitacionais, se feitas incorretamente. Sendo assim, salientamos que, quando o GPS Gravitacional for experimentado pela primeira vez, é necessário a presença de um instrutor qualificado ou pessoa habilitada para auxiliar em todas as fases do processo.  

Trabalhar o corpo suspenso, suportando o próprio peso, flutuando e, às vezes invertido, é extremamente intenso até mesmo para aqueles que já adquiriram certa experiência, por isso, é necessário que a pessoa que vai experimentar o GPS Gravitacional pela primeira vez, esteja gozando de um mínimo de bom estado geral de saúde. Que não seja, e nunca tenha sido, portadora de distúrbios cardíacos ou pulmonares, diabetes, problemas nervosos ou psíquicos; que não sofra de desmaios freqüentes ou convulsões; glaucoma, pressão alta ou baixa extremas; que não sofra de qualquer outra enfermidade que, pela sua natureza, torne incompatível o uso do GPS Gravitacional. 

Mesmo estando em conformidade com os pré-requisitos acima mencionados, ainda se faz necessário a observância das próprias regras para o uso do GPS Gravitacional, seja numa simples experimentação ou sempre antes de iniciar uma prática - mesmo já experiente. Aqui, passamos um mínimo de informações necessárias sobre estas regras, para que esta experimentação ou prática seja realizada com sucesso. 

São estas:

*  Consulte seu médico, clínico ou terapeuta antes de usar o kit GPS Gravitacional.
*  Jamais pendure-se invertido(a) sozinho(a) pela primeira vez, se o fizer, deixe o local destrancado e um telefone celular preso na cintura.
*  Esteja sem se alimentar a pelo menos 90 minutos.
*  Vista-se com roupas adequadas quando for usar o equipamento.
*  Certifique-se de que o equipamento esteja corretamente montado antes de usá-lo. Certifique-se de que todos os parafusos, porcas e pinos estejam apertados e encaixados antes de usar – tanto para o kit, quanto para a Mesa Gravitacional.
*  Se em algum momento você sentir fraqueza ou vertigens durante o uso do equipamento, pare com o exercício imediatamente. Faça o mesmo se sentir dores ou pressões.
*  Não faça exercícios ou mesmo use o equipamento, se este estiver danificado.
*  Escute seu corpo: comece devagar, vertigens após uma sessão é sinal de que voltou muito rápido da inversão. Se ficar enjoado(a) durante a inversão, volte à posição em pé assim que começar a sentir o desconforto.
*  Quanto maior for a permanência com o corpo invertido, maior será a sensação de formigamento nos pés quando voltar à posição normal, sensação que melhora a cada dia praticado. Ter sempre em mente que os benefícios são infinitamente maiores que os desconfortos iniciais do processo de adaptação.
*  Respeite seus limites e, acima de tudo, muito bom senso.




*ATENÇÃO: Certifique-se com seu médico ou terapeuta de confiança, se o equipamento é apropriado para você.
Não use este equipamento se você estiver em qualquer uma destas situações:

 
• Obesidade.
• Glaucoma, descolamento de retina ou conjuntivite.
• Articulações inflamadas ou inchadas.
• Pressão sangüínea alta, hipertensão, derrame cerebral recente ou isquemia.
• Hérnia de hiato ou hérnia abdominal.
• Problemas com os ossos, incluindo osteoporose, fraturas não curadas, pinos ou implantes cirúrgicos, ou próteses ortopédicas.
• Usando anti-coagulantes, incluindo Aspirina em alta dosagem.
• Problemas no sistema circulatório.
• Gravidez.  


CALÇANDO AS BOTAS GRAVITACIONAIS

Para ajustar o comprimento das fitas serrilhadas com os tornozelos, proceder da seguinte maneira:

1) Para diminuir o comprimento:  empurrar a fita serrilhada  para dentro  do casco  até  encontrar a pressão correta
    (fig.1).   Para aumentar o comprimento:  puxar a fita serrilhada para o lado e  para fora do casco.  Caso esta saia da
    canaleta,   basta recolocá-la na aba do casco e empurrar até que seus dentes travem novamente na canaleta.

2) Abrir as laterais do casco e encaixar no tornozelo pela frente (fig. 2). Atente-se para que a ponta do gancho fique
     voltada para cima, e repita com o outro lado.

3) Passar a lingüeta da presilha pelas janelas das abas das fitas serrilhadas (fig.3).

4) Empurrar a lingüeta no sentido contrário ao da fita serrilhada para travar o conjunto (fig.4).



Se a fita serrilhada ficar frouxa,  a presilha não terá a pressão necessária para travar o conjunto; diminua um pouco mais  o comprimento da  fita  até  perceber uma  pressão homogênea nos tornozelos,  firme,  mas sem incomodar. E uma vez ajustado o conjunto,  não será mais necessário repetir  o processo todas as vezes que for usar o Kit GPS

Tags: bota, gravitacional, gps, alongamento, gravidade, postura